Central de Informações 48 3331-1400

Área restrita


GERÊNCIA DE ENFERMAGEM

Missão:
“Missão de gerenciar os Serviços de Enfermagem Hospitalar, Ambulatorial, Radioterapia, Cuidados Paliativos, TMO, Pronto Atendimento e Centro Cirúrgico Ambulatorial objetivando qualidade e segurança do Serviço de Enfermagem prestado ao paciente Oncológico e o bem estar e a capacitação da Equipe de Enfermagem.”

Serviço de Enfermagem Ambulatorial:
“Prestar assistência de enfermagem, ao paciente oncológico e sua família de forma segura, humana, buscando a interação e orientando para o autocuidado, bem como  participar das atividades de ensino e pesquisa.”

Serviço de Enfermagem Hospitalar:
“Prestar atendimento ao paciente oncológico hospitalizado, de forma individualizada, humana, buscando a interação e orientado para o autocuidado, bem como participar das atividades de ensino e pesquisa.”

Serviço de Enfermagem do Transplante de Médula Óssea :
“Realizar ações de enfermagem ao paciente oncohematológico no TMO, oferecendo ao cliente e a sua familia uma assistência qualificada, humanizada e individualizada no âmbito hospitalar, com suporte técnico científico, buscando a recuperação e reintegração a vida social, bem como participar das atividades de ensino e pesquisa.”

Serviço de Enfermagem em Radioterapia:

“Assistir ao paciente oncológico em tratamento radioterápico, oferecendo ao cliente e a sua familia uma assistência qualificada, humanizada, individualizada e com segurança dentro dos princípios de interação e autocuidado, bem como participar das atividades de ensino e pesquisa.”

Serviço de Enfermagem em Cuidados Paliativos:
“Coordenar, realizar e avaliar as atividades de enfermagem a pacientes com câncer em estado avançado, de forma especializada, humanizada, ética e segura, objetivando controle de sintomas e qualidade de vida, bem como participar das atividades de ensino e pesquisa.”

Serviço de Enfermagem em Pronto Atendimento e Centro Cirúrgico Ambulatorial:
“Prestar atendimento ao paciente oncológico cirúrgico ambulatorial e ao paciente em intercorrências, de forma individualizada, humana, de forma especializada, humanizada, ética e segura buscando a interação e orientado para o autocuidado, bem como participar das atividades de ensino e pesquisa.”

Pequeno histórico do seu desenvolvimento:
O atendimento de Enfermagem Oncológica do CEPON  surgiu na década de 70, precisamente no ano de 1974, no Hospital Celso Ramos,ao ganhar espaço e importância no estado,em maio de 1992 o CEPON passa a ser Unidade da Secretária do Estado da Saúde para atendimento ambulatorial para paciente oncológico.
Em 1996 Inauguração Hospital do Cepon, em 1999 inauguração do TMO , em 2005 Complexo Oncológico do Itacurobi e em 2006 abre a Radioterapia.
Atualmente temos 41 enfermeiros atuando na assistência, e 5 na Administração e 78 técnicos de Enfermagem.

Atividades Desenvolvidas e Realizações:


1-Consulta de Enfermagem- O enfermeiro é responsável pela consulta que objetiva a identificação e resolução dos problemas (reais ou potenciais e de competência da enfermagem) através da interação e do autocuidado com o paciente e familia. A consulta é realizada com todos os pacientes que iniciam o tratamento quimioterápico, radioterápico e na internação  hospitalar,e  em todas as outras situações que a equipe considerar necessário ou o próprio paciente/familia.
A consulta tem caráter de investigação dos problemas, de esclarecimento de dúvidas e orientações quanto ao tratamento e efeitos colaterais que podem acontecer no decorrer do mesmo.

Agendamento de tratamento quimioterápico - A quimioterapia é realizada após agendamento prévio (hora marcada),mediante apresentação da Prescrição médica, dessa forma, o serviço pode garantir uma assistência e acomodações apropriadas ao paciente e seu acompanhante. A duração do tratamento dependerá do protocolo prescrito pelo médico.

Tratamento de lesões -
O enfermeiro realiza avaliação individualizada e permanente, conforme as mudanças evolutivas de cada lesão e as necessidades de cobertura (curativos) diferenciadas que as mesmas exigem para promoção do processo de cicatrização, o processo educativo para o autocuidado está diretamente envolvido para que o próprio paciente e/ou familiar possa realizar o curativo com segurança em seu próprio lar, tendo em vista, a distância que muitos pacientes têm para se locomover até a Instituição.

Atendimento de Enfermagem durante exames, cuidados pré e pós cirúrgico -
As atividades que envolvem estes procedimentos requerem uma atuação precisa e técnica do profisssional de enfermagem, garantindo assim a assepsia ao paciente, a qualidade dos materiais coletados e preservados para realização dos exames, o acompanhamento e avaliação dos pacientes e os cuidados que surgem pré e pós cirurgia (Cuidados com as incisões, curativos,drenos, orientações de cuidados domiciliares,etc.

Atendimento de Enfermagem em Ambulatório de Procedimentos - Auxilio ao Corpo Clinico nos seguintes procedimentos: Broncoscopia, laringoscopia, cistoscopia, biópsia de próstata, biópsia de medula, fototerapia, ECG, ecografia, patologia cervical, oftalmologia, cirurgia ginecológica e ainda coleta de sangue para exames da hematologia, curativos, manutenção de cateteres, instilação vesical e administração de medicações intramusculares e subcutâneas.

Projeto Cuidando do Cuidador - Implantação de um plano de Prevenção, rastreamento e diagnóstico precoce de agravos á saúde relacionados ao trabalho dos profissionais e implementação de ações de promoção de saúde  do trabalhador.

Educação Permanente - Coordenada pela Divisão de Gestão de Pessoas, mas no que se refere ao Serviço de Enfermagem, a mesma objetiva capacitar os profissionais inseridos nas atividades de Enfermagem Oncológica, preparando-os para a execução das mesmas. O Serviço também é responsável pela atualização dos conhecimentos, procurando assim, garantir uma assistência com competência e humanização.
As atividades da Educação Permanente abrangem também treinamentos, visitas e supervisão de estágios

Outras informações:

•    A enfermagem participa da coordenação do GAMA (GRUPO DE APOIO Á MULHER MASTECTOMIZADA),juntamente com a Terapia Ocupacional.
•    A Enfermagem participa da Coordenação do Programa de Internação Domiciliar (PID).